Podemos te ajudar?

Realizei perícia no INSS e foi negativada, o que faço?

É muito comum haver esse tipo de situação no Instituto Nacional de Seguro Social(INSS). Há situações em que, de fato, o periciando não apresenta incapacidade laboral, mas há outras ocasiões em que as alterações/doenças/sequelas não são analisadas de forma mais incisivas e/ou contundentes. Isso se dá, pelo fato de as avaliações realizadas no INSS serem realizadas por médicos generalistas, em sua maioria, que não conseguem “enxergar” algumas alterações que de fato comprometem a função a ser exercida pelo segurado. Nesses casos, o médico especialista na área se faz importante para averiguá-las.

Por outro lado, há falha por parte do advogado que auxilia o segurado, quando o orienta judicializar o INSS, visto que, não busca um auxílio profissional correto, com a devida expertise para expor em laudo médico uma situação mais próxima da realidade. Não é difícil encontrar em petições iniciais (peça processual que instaura o processo jurídico) situações de doenças que não se enquadram em incapacidade e o advogado a incluiu nessa petição por falta de auxílio de profissional adequado. Os médicos assistentes que não trabalham e não se dedicam ao mundo das perícias não estão atentos aos detalhes peculiares desse segmento.

Por isso, o primeiro passo que você deve dar antes ou durante sua queixa judicial é de averiguar, de fato, aquilo que o compromete com auxílio de profissional que detenha a expertise para isso.
A Galdino Leonardo Perícias detém essa expertise, já realizamos mais de 10000 perícias. Além disso, atuamos como assistente técnico pericial, sem qualquer conflito de interesse, auxiliando na elaboração da petição de seu advogado, propondo quesitos pericias e comparecendo à perícia judicial para garantir a lisura desse processo.
Fale conosco!

Compartilhe

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *